fbpx

Novidades

Vinho e caldinho? Aproveite ainda mais o inverno com as dicas da Evino

Destaques / Gastronomia / Homepage / LifeStyle / NightLife / Todos / 01/07/2020

Jessica Marinzeck, sommelière da empresa, traz diferentes combinações para os consumidores experimentarem

Está chegando o inverno, estação em que o vinho ganha ainda mais destaque, ajudando os brasileiros a se manterem aquecidos enquanto o frio bate lá fora. Para te ajudar se esquentar e aproveitar ainda mais, Jessica Marinzeck, sommelière da Evino, reuniu algumas combinações especiais com fondue e caldinhos diversos para você experimentar.

Fondue de queijo e Chardonnay
Na Suíça, país que deu origem a esse prato, a harmonização tradicional de fondue de queijo são os vinhos brancos locais. “Gosto de seguir essas tradições de harmonizar bebidas e pratos típicos locais. Na falta de um vinho branco Suíço, podemos pensar em brancos de atitude que encarem o queijo quente – aqueles feitos com Chardonnay podem ser uma opção, como o Le Star Chardonnay “, afirma Jessica.

Para quem não abre mão de um vinho tinto, a sommelière sugere rótulos com menos taninos, como os feitos com a Gamay. O Louis Galud Bourgogne Gamay é uma excelente pedida, pois não gera atrito entre as diferentes texturas.

Fondue de chocolate e vinhos de sobremesa

Apesar de muitas pessoas acharem que não, chocolate e vinho podem ser um par perfeito, se combinados da maneira correta. “Como este tipo de fondue normalmente é preparado com um chocolate mais amargo, é legal uma harmonização contrastante, apostando em vinhos com um pouco mais de açúcar residual para dar esse contraponto”, explica.

Um bom vinho do Porto pode fazer às vezes, mas para quem não quer um vinho tão alcoólico, o Portada Winemaker’s Selection 2017 , outro vinho português, também é um ótimo acompanhamento para o prato.

Caldos e vinhos

Os fondues são, com certeza, um ponto alto do inverno, mas quem brilha mesmo neste período são os diversos caldinhos que mantém os brasileiros aquecidos nos dias mais frios.

“Para quem gosta de caldo de feijão e caldo verde, sugiro algum vinho com notas terrosas, das castas Pinot Noir e Tempranillo, como o Fleur Des Templiers Pinot Noir e o Palacio de Otoño Rioja 2018 “, diz a sommelière. Essa harmonização funciona muito bem, pois ambos, vinhos e caldos possuem aromas semelhantes como de ervas mais sequinhas.

Já para quem prefere a famosa canja de galinha, uma sopa mais leve que as anteriores, Jessica recomenda um vinho branco um pouco mais encorpado, como o Le Star Chardonnay.

“Na harmonização com sopa de mandioquinha, eu também iria num branco com certa textura oleosa. Alguns vinhos feitos com a casta Riesling, como o Gustav Riesling Trocken , podem ser boa opção, ou mesmo feitos com a casta branca Pinot Blanc, como o Lenz Moser Weissburgunder “, completa a sommelière.

Sobre a Evino

Um dos maiores e-commerces de vinho do Brasil. Começou a operação em 2013 com o objetivo de compartilhar a paixão pelo vinho – e também o desejo de descomplicar a bebida, oferecendo a melhor relação de custo-benefício do mercado. Negocia diretamente com os produtores para fornecer rótulos para todos os gostos e bolsos. Com novos rótulos em seu catálogo todos os meses, a Evino lançou o primeiro app de venda de vinhos no Brasil e oferece um clube de assinatura a preços acessíveis.

Tags:



Elite Magazine




Post Anterior

The Grill, localizado no hotel The Dorchester, compartilha a receita da torta Banoffee

Próximo Post

Estância Hidromineral de Socorro: coloque na sua lista de destinos românticos





Você também pode gostar de



0 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais histórias

The Grill, localizado no hotel The Dorchester, compartilha a receita da torta Banoffee

Quem ensina e executa a torta Banoffee é o chef Tom Booton O restaurante The Grill, localizado no hotel The Dorchester,...

01/07/2020