fbpx

Novidades

Grã-Bretanha de Trem

Destaques / Todos / Viagens / 02/11/2021

10 motivos para repensar suas viagens pela Grã-Bretanha, de forma luxuosa e sustentável

Por Laura Kassab
(matéria original)

Os passeios de trem pela Grã-Bretanha prometem conforto e uma experiência de resgate histórico, tendo a Inglaterra como o berço dos trens (invenção de Richard Trevithick, em 1804) e da primeira linha férrea do mundo (1825).
Esta escolha pode ficar ainda mais rica com o impacto positivo em nossas vidas e planeta, sendo uma forma sustentável de turismo ao colecionar experiências e belas paisagens.

Você sabia que a COP26 (Conferência das Nações Unidas Sobre Mudança Climática) de 2021 acontece justamente neste destino, Grã-Bretanha? Na cidade de Glasgow, Escócia! Se ainda não teve a oportunidade de planejar uma viagem 100% de trem, segue mais 10 motivos para dar este start agora, com muita motivação histórica e inspirações de roteiro!

Laura Kassab na estação de trem de Brighton na Inglaterra

Laura Kassab na estação de trem de Brighton, na Inglaterra, Great Britain. Foto: Ariana Lima.

1. Forma mais prática para viajar entre cidades da ilha, que compreende a Inglaterra (England, ao sul), Escócia (Scotland, ao norte) e ao País de Gales (Wales, a oeste).
2. São rápidos, do “check-in”, ao trajeto e chegada, sem tantas etapas como em aeroportos.
3. Contam com belas paisagens pelo caminho.
4. Confortáveis, bem equipados, com internet, banheiros, trocadores e serviço de bordo, com duas opções de classes de vagões: first (com direito a cardápios especiais, além de outras regalias) e standard (comum). ps: first class costumam custar de 50 a 100% a mais por seus assentos mais espaçosos e ambientes tranquilos.
5. Sustentáveis. Os trens rápidos têm os menores níveis de emissão de poluentes, principalmente se comparados ao carro, ônibus e avião. Saiba mais.
6. Passagens compradas com antecedência são bem mais baratas.
7. É possível comprar pela internet, os retirando em máquinas automáticas na estação no dia da viagem.
8. Fácil de se planejar, pelo site national-rail.co.uk, com todas as informações sobre horários, tarifas e mapas da malha ferroviária.
9. Para turistas, há a facilidade do Brit Rail Pass (bitrail.com), passe de preço fixo que permite embarcar à vontade nos trens por períodos de 4 a 30 dias.
10. A malha ferroviária da Grã-Bretanha é imensa, conectando desde o sul da Inglaterra ao norte da Escócia. Há uma infinidade de rotas possíveis dentro do Reino Unido para se fazer de trem.

Cheers,
Laura Kassab


Tags:, , , , , , , , , ,



Laura Kassab
Colunista e Gerente Operacional da Elite Magazine desde 2016.




Post Anterior

O navio mais luxuoso já construído volta a navegar

Próximo Post

Dois Ícones, Uma História: Montblanc lança parceria multi-anual com a Ferrari





Você também pode gostar de



0 Comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais histórias

O navio mais luxuoso já construído volta a navegar

O luxuoso Seven Seas Explorer começa a temporada inaugural em Trieste, na Itália O Seven Seas Explorer deu as boas-vindas...

29/10/2021